Mídia Kit: O Que é E Como Fazer?

27 Nov 2018 09:23
Tags

Back to list of posts

top-social-networking-sites.jpg

<h1>A 100 Dias Do In&iacute;cio, Jogos De Buenos Aires Anunciam Abertura Gr&aacute;tis Ao P&uacute;blico</h1>

<p>Logo voc&ecirc; receber&aacute; os melhores conte&uacute;dos em seu e-mail. Trios definem um conjunto de 3 pessoas ou coisas de parecido meio ambiente. Nos trios cada express&atilde;o puxa outra, e o conceito fica insepar&aacute;vel. Como esta de o trio dos reis magos: Baltazar, Melchior e Gaspar, a frase vitoriosa de C&eacute;sar: vim, vi e venci, o livro Consumir, Rezar, Gostar, de Elizabeth Gilbert. Antes de publicar esse sucesso, Gilbert ousou alterar vida e trabalho.</p>

<p>Escolheu a autonomia e partiu em viagem a t&eacute;rmino de achar a paz e a si mesma. As hist&oacute;rias de Elizabeth, C&eacute;sar, e de tantos outros em diferentes &eacute;pocas, se repetem. E, quando algu&eacute;m tra&ccedil;a para si novos rumos, nos inspira e desafia. Ent&atilde;o, vou mencionar outra perfeita hist&oacute;ria desta mesma meio ambiente, algu&eacute;m que numa guinada de vida abriu Monte Verde, um novo horizonte para v&aacute;rios. E, estes diversos que chegaram um dia em visita a este vilarejo campestre - mudaram de exist&ecirc;ncia. Essa aventura come&ccedil;a com o imigrante Sr.Verner Grinberg, nascido pela Let&ocirc;nia. Em meados de 1934, num sobrevoo na Serra da Mantiqueira, Minas Gerais, deu com os olhos nas altas montanhas e bendisse a paisagem.</p>
<ul>
<li>Promova tua corpora&ccedil;&atilde;o nas m&iacute;dias sociais</li>
<li>tr&ecirc;s Desenvolvimento 3.Um Narrativa</li>
<li>107 milh&otilde;es de pessoas conectadas no Brasil</li>
<li>Um web site adaptado aos seus pacientes</li>
<li>Cal&ccedil;a branca, qual paradigma combina mais com voc&ecirc;? Veja as dicas</li>
<li>3 Wiki Loves Monuments Brasil 2017</li>
</ul>

<p>O frescor do ar frio e o aroma revigorante dos ciprestes anunciam a limpidez dos ares. “A prova concreta, por&eacute;m, est&aacute; nos liquens vermelhos que grudam nos troncos das &aacute;rvores”, mostra o bi&oacute;logo Josu&eacute;. Suzi, da Ch&aacute;cara da Ad&eacute;lia, que trocou Santos por Monte Verde, e Josu&eacute; tomam conta da crian&ccedil;ada que prefere notar as nascentes, e achar os esconderijos das r&atilde;s, em vez de escalar montanhas com os pais. Na ch&aacute;cara h&aacute; s&oacute; um &uacute;nico chal&eacute; com refer&ecirc;ncia de &aacute;gua pot&aacute;vel que jorra na entrada da varanda. O caf&eacute; da manh&atilde; &eacute; servido no jardim, com direito a chuva de pinh&otilde;es se for data, de abril a agosto. Dizem que s&oacute; vemos a realidade de um lugar quando conhecemos as pessoas que moram nela. N&oacute;s tivemos a sorte da companhia de Paula e Marcelo. O casal deixou S&atilde;o Paulo em pesquisa de um ambiente de paz, e em Monte Verde s&atilde;o os propriet&aacute;rios da pousada Casinha Pequenina.</p>

<p>Como o nome de imediato diz, os quartos n&atilde;o s&atilde;o grandes, mas t&ecirc;m tudo o que necessita - cama com cobertores macios, arm&aacute;rio, lareira, ducha quente, e a cantoria que entra pela janela de jacutingas e bem-te-vis. E, o mais s&eacute;rio: atendimento caloroso. Nem foi preciso esperar por uma g&eacute;lida manh&atilde; para saborearmos chocolate quente. Algu&eacute;m alegou que Monte Verde combina com chocolate? E, l&aacute; fomos n&oacute;s compreender o Chocolate Montanh&ecirc;s, de Monica Milev. Monica &eacute; mais outra visitante que em 1987, veio de Santo Andr&eacute; a passeio, e resolveu oferecer uma reviravolta pela exist&ecirc;ncia.</p>

<p>Ela faz ‘o melhor brownie de chocolate do mundo’, nas frases de renomada dupla de blogueiros gourmets. Concordamos plenamente, crocante por fora e fofo por dentro, o brownie &eacute; servido com sorvete de creme e calda de framboesas rec&eacute;m-colhidas em Monte Verde. Pela vila &eacute; apetitoso tamb&eacute;m flanar pela rua central ladeada de vasos com pet&uacute;nias e enxergar turistas curiosando nas lojas de malhas, cachec&oacute;is, botas forradas de pele, e coloridas meias de l&atilde;. N&oacute;s, preferimos rechear sacolas de queijadinha, goiabada casc&atilde;o, p&eacute;-de-guria ou p&eacute;-de-moleque, doce de ab&oacute;bora, para espichar as mem&oacute;rias boas da vila no momento em que chegarmos em resid&ecirc;ncia.</p>

<p>Mais uma dica bacana? Essa &eacute; quente: lumin&aacute;rias feitas com casca de bananeiras. Os mestres designers Giovani e Augustus, donos de uma das mais incr&iacute;veis lojas de Monte Verde, criam lumin&aacute;rias, pain&eacute;is, lustres, e jogos americanos cujo destaque s&atilde;o as maravilhosas texturas da casca da planta. No entanto, de imediato &eacute; hora do almo&ccedil;o, e n&oacute;s seguimos de ve&iacute;culo para a Fazenda Hotel Itapu&aacute;, melhor pros que desejam um mergulho na natureza. Itapu&aacute; foi sonho dos jovens Andreas e Cristina Wagner, que em 1978 optaram ali viver.</p>

<p>Pouco a insuficiente ergueram chal&eacute;s espalhados pelo extenso jardim para conservar a privacidade dos h&oacute;spedes. Cristina fazia o caf&eacute; da manh&atilde;, colocava em cestas que Andreas depositava nas portas dos chal&eacute;s. Hoje quem toca o sonho &eacute; a filha Rebecca e Pipo que se casaram na igrejinha de pedra da fazenda. Ap&oacute;s a comilan&ccedil;a, a solu&ccedil;&atilde;o foi conceder uma caminhada e deixar a visibilidade se encher do verde das montanhas e do design exclusivo das arauc&aacute;rias.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License